quinta-feira, 27 de junho de 2019

Dez pessoas são detidas em operação contra jogo do bicho em Sobral



Três centrais que administravam os jogos foram fechadas; material e dinheiro em espécie foram apreendidos.

Material apreendido em centrais de jogo do bicho em Sobral — Foto: Polícia/ Divulgação
Material apreendido em centrais de jogo do bicho em Sobral — Foto: Polícia/ Divulgação


Material apreendido em centrais de jogo do bicho em Sobral — Foto: Polícia/ Divulgação



























Dez pessoas foram detidas por envolvimento com jogo do bicho, em Sobral, na Operação Lei para Todos, realizada nesta quinta-feira (27). A polícia cumpriu mandado em três centrais que administravam os jogos ilícitos. Os locais foram fechados. Materiais e o valor de R$ 9.500,00 em espécie foram apreendidos.

O delegado municipal de Sobral, Márcio Luís, afirma que a polícia civil vinha realizando um estudo sobre as principais sedes onde se concentravam os administradores do jogo do bicho, que, segundo ele, ocorria de forma livre no município.
“A gente não se preocupou nesse momento com aquelas banquinhas onde são realizadas apostas. A gente foi direto na central onde é a administração e a arrecadação do dinheiro diariamente”, comentou.

Ainda de acordo com o delegado, a prática ilícita está associada a crimes mais graves.
“Se trata de uma contravenção penal, mas é associada a diversos outros crimes mais graves, como lavagem de dinheiro e financiamento do crime organizado”, apontou Luís.
Nas centrais foram apreendidos banners de propaganda explícita da contravenção, blocos de anotações e contabilidade do jogo do bicho e dinheiro em espécie.

A investigação da operação continua para apurar crimes de lavagem de dinheiro. Segundo o delegado, um inquérito vai ser instaurado para dar início à nova etapa.


“Dessa operação, futuramente nós vamos instaurar o inquérito para apurar o crime de lavagem de dinheiro, pra onde esse dinheiro tá indo e se tá financiando outros trabalhos ilícitos”, acrescentou.


Fonte G1 Ceara

SOBRAL-CONSELHO TUTELAR: CMDCA de Sobral emite nomes dos candidatos DEFERIDOS e INDEFERIDOS


O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Sobral divulgou nesta segunda feira (24) a relação dos Candidatos na disputa para a escolha dos dois colegiados do CONSELHO TUTELAR de Sobral. Dos 48 candidatos inscritos para a disputa por uma vaga de Conselheiro Tutelar, pelos menos 25 tiveram suas candidaturas INDEFERIDAS, sob a alegativa de não apresentação da documentação prevista no item 8.2, alínea “D” “F” e “G” do edital 001/2019.

Confira os NOMES dos candidatos (a) DEFERIDOS e INDEFERIDOS. Ressaltar que aos INDEFERIDOS cabe recursos dentro do prazo estipulado pelo EDITAL emitido pelo CMDCA.  Confira a relação dos pré-candidatos inscritos:







Fonte: Blog Bené Fernandes

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Polícia intercepta plano do PCC para resgatar Marcola de presídio




Integrantes da facção criminosa aguardavam aval do traficante internacional conhecido como Fuminho para iniciar plano para resgatar o preso.

Agentes da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, conhecida como P2 de Venceslau (a cerca de 610 km de São Paulo), interceptaram, no dia 8 de abril, anotações de supostos membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), dizendo sobre novos líderes da organização e um possível plano de resgatar Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, do Presídio Federal de Brasília.

Apontado como líder máximo da facção criminosa, Marcola saiu da P2 de Venceslau em fevereiro deste ano para ir à penitenciária federal de Porto Velho. Um mês depois, foi novamente transferido, desta vez para a federal de Brasília.

De acordo com a carta interceptada pelos agentes penitenciários, com a saída de Marcola da P2 de Venceslau, outros três presos assumiram funções estratégicas da facção dentro do sistema carcerário: Wilber de Jesus Marces (conhecido como Gaspar), Valcedi Francisco da Costa (o Ralf) e Márcio Domingos Ramos (o Ariel).

Conforme a apuração da SAP-SP (Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo), os três presos orquestrariam de dentro do sistema carcerário, alinhado com o traficante internacional Gilberto Aparecido dos Santos, o Fuminho — um dos principais nomes do PCC nas ruas —, o resgate ao Marcola.

A carta interceptada por agentes penitenciários aponta que integrantes da facção criminosa estavam aguardando o aval de Fuminho para realizar o plano de tirar Marcola da penitenciária federal de Brasília.

Ainda segundo as informações que constam na carta, o suposto integrante da cúpula do PCC Carlos Henrique da Silva, chamado de Carlão da Zona Norte, havia ficado com a responsabilidade de organizar os membros da facção que tem alto nível de conhecimento militar e de armamentos para preparar o poder bélico para o dia do resgate.

A organização criminosa predendia mobilizar integrantes de todos Estados brasileiros para participar do resgate. A facção já havia monitorado, segundo a SAP-SP acredita, por meio de drones, como era o funcionamento ao redor do presídio de Brasília, e sabia que o Exército não estava presente no local.

Após a interceptação desta carta, a SAP-SP pediu a transferência dos três presos apontados como novos líderes da facção criminosa para presídios federais.

Leia a carta na íntegra com a tradução e adequação do texto:

"Primeiramente, um forte abraço a todos. A situação está da seguinte forma: quem está fechando no pavilhão um da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau são os nossos irmãos Gaspar e Ralf e no pavilhão dois, o Ariel. A sintonia está na rua, mas temos ordens deixadas pelo Marcola que temos que agir na inteligência.

O Carlão da Zona Norte já está se alinhando com os integrantes que tem conhecimento de armamentos e mandou um recado para todos de outros Estados. Tem que disponibilizar dois irmãos de responsa de cada Estado para formar um time da hora. Estamos no aguardo do Fuminho para dar retorno se vai tirar o Marcola da Penitenciária Federal de Brasília.

Sabemos que o drone já voou lá e até o momento não tinha militares do Exército. Mas sabemos que tirar o Marcola de Brasília tem que ter um planejamento diferenciado de todos e só com o apoio do Fuminho que podemos concluir o resgate.

Esse time do Carlão é para agir com cautela, no momento certo vamos para cima dos agente públicos que mandaram a cúpula do PCC para aquele lugar desumano. Sabemos que o planejamento utilizado não era o correto, mas só tinha esse para se comunicar na urgência."

(R7)

Polícia Civil prende em Sobral oito suspeitos de torturar e matar garota



Cenas do linchamento e tortura foram gravadas e ajudaram a Polícia a prender o grupo
Oito pessoas, entre elas, quatro menores, já estão detidas por suspeita de envolvimento na morte de uma jovem, na última terça-feira (14), em Sobral, na Zona Norte do estado (a 224 km de Fortaleza). Policiais do Núcleo de Homicídios da Delegacia Regional daquela cidade continuam em diligências em busca de outros envolvidos.

O assassinato da jovem Maria Elailane do Nascimento, 19 anos, chocou a população de Sobral e a opinião pública do estado. A jovem foi espancada severamente no meio da rua por um grupo formado por seis mulheres. Em seguida, arrastada até uma casa desabitada e torturada e morta a facadas, pauladas e pedradas.   O motivo do crime seria uma desavença de uma amiga dela com alguns das suspeitas.

Segundo a família de Elailane, a jovem foi atraída para sair de casa, no Conjunto  Residencial Nova Caiçara e ir até o bairro Terrenos Novos, onde acabou sendo surpreendida na rua e espancada. Toda a cena do crime foi filmada por um dos envolvidos.

Prisão

As imagens gravadas pelos assassinos foram parar nas redes sociais e ajudaram a Polícia Civil a identificar e prender os envolvidos. Inspetores do Núcleo de Homicídios da Delegacia Regional de Sobral, tendo no comando o delegado Paulo Castro, identificaram e prenderam as seguintes pessoas: Cláudio Leandro dos Santos, 19 anos; Danielle Silva de Oliveira, 26; Maria Kelly Melo da Silva, 22; e Maria Luísa França Sousa, 23.

Além dos quatro adultos presos, quatro adolescentes – sendo dois rapazes e duas garotas – foram apreendidos também por envolvimento no crime. Todos aparecem nas imagens do crime, espancando e torturando Maria Elailane.

Para a Polícia, com a prisão de outros envolvidos, o caso estará solucionado.

(Com informação Fernando Ribeiro)

CONFRONTO ENTRE PMs DO RAIO E CRIMIOSOS NA CIDADE DE MARCO DEIXA 1 BANDIDO MORTO E 6 PRESOS



Após os registros recentes de vários assaltos entre os municípios de Marco, Morrinhos, Santana do Acaraú e Senador Sá, onde criminosos armados estariam rendendo trabalhadores que passavam pelas rodovias e em seguida roubavam seus veículos, equipes do RAIO de Acaraú, foram alertadas dos casos, e enviadas na tarde desta quinta-feira, 16, para patrulhar a área onde estavam ocorrendo os roubos, no intuito de localizar e prender os acusados de cometer estes crimes

Segundo informações, policiais do RAIO, teriam localizado um local ermo por trás de um conjunto habitacional na cidade de Marco, que estava sendo usada como esconderijo pelos acusados dos assaltos

Na aproximação dos policiais do local onde estariam os acusados, um elemento ao ver a as equipes, tentou fugir atirando contra os policiais, que num ato de legitima defesa, revidaram aos disparos

No confronto, o acusado identificado como ANTONIO ALAN DE BRITO TEOFILO, 19 anos, foi baleado, com o mesmo foi apreendido um revolver. 38 mm com três munições deflagradas e outras três intactas.

O suspeito baleado, ALAN, chegou a ser socorrido ao Hospital local de Marco, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. O mesmo tinha passagens na justiça por  trafico de drogas, e ha menos de 15 dias, havia sido baleado numa outra ocorrência de assalto na cidade de Itarema, quando uma vitima reagiu a investidas de criminosos

Os demais elementos que estavam naquele local, de pronto se renderam, onde foi apreendido com os mesmos, cerca de 4 aparelhos de telefone celular, dezenas de papelotes de maconha, 4 coletes balísticos, e uma moto Honda Broz 160cc cor preta, de placa POB-3846, tarjeta de Santana do Acaraú, com queixa de roubo

Os presos foram identificados como FRANCISCO ANDERSON NASCIMENTO, 21 anos, natural de Marco, JOEL ALBUQUERQUE DA COSTA, 25 anos, natural de Fortaleza, JOSE JEAN DE MARIA, 21 anos, natural de Marco, ISMAEL DOS SANTOS, 21 anos, natural de Marco, EDMUNDO EUGÊNIO NASCIMENTO, 43 anos, natural de Marco, JOSE VANDERLEI PEREIRA FILHO, 18 anos, natural de Marco.
Os acusados presos foram conduzidos pelos policiais à delegacia na cidade de Jijoca de Jericoacoara.

(Fonte:TC.PM. Artunane)

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Morreu hoje em Fortaleza o empresário e ex-vereador sobralense Paulo Pierre



Faleceu nesta sexta-feira, 8 de fevereiro, em Fortaleza, o empresário e ex-vereador de Sobral, Paulo de Tarso Ponte Pierre. O velório deve acontecer a partir das 22hs de hoje, no Cemitério Jardim Eterno, na BR 222. A missa de corpo presente será neste sábado (9), as 10hs, na Igreja de São Francisco, seguido de sepultamento no Cemitério São José, no centro da cidade de Sobral.

sábado, 5 de janeiro de 2019

A felicidade do Ano Novo durou só até o primeiro estrondo


Em artigo no O POVO deste sábado (5), a jornalista Letícia Alves aponta que a vinda de homens da Força Nacional alivia um pouco o medo, mas não é o suficiente para trazer de volta a esperança de um novo ano. Confira:

O clima de Ano Novo nem havia cessado quando moradores de Caucaia escutaram um estrondo e sentiram a terra tremer na madrugada do dia 3 de janeiro. O barulho era de uma explosão em viaduto na BR-020, ataque que, junto com o incêndio de dois ônibus, inaugurou nova onda de terror causada por facções criminosas no Ceará. Desde então, não escutei mais desejos de “feliz ano novo” sendo trocados entre amigos, familiares e colegas de trabalho. Foi-se embora a esperança?

Infelizmente, essa situação não é mais novidade para a população cearense. Só em 2018, foram três ciclos de ataques a ônibus e prédios públicos e particulares; em 2017, outros dois; e em 2016, absurdas cinco ondas de ações criminosas generalizadas – segundo dados de edição do O POVO de ontem. Durante o segundo semestre do ano passado, experimentamos uma paz até estranha, levando em conta esses números, mas ela mal esperou a virada do ano (ou a posse dos governantes).

O caos na segurança do Ceará repercutiu em todo o Brasil e chegou ao governo federal com maior rapidez do que das outras vezes. Ainda no dia 3, à tarde, o governador Camilo Santana (PT) anunciou conversa com Sergio Moro, ministro da Justiça e da Segurança Pública, e solicitação da Força Nacional. Em julho do ano passado, mesmo após cinco dias de terror, o Governo do Estado se negou a recorrer a essa medida.

A vinda de homens da Força Nacional alivia um pouco o medo, mas não é o suficiente para trazer de volta a esperança. Primeiro, porque até numa situação de caos como essa, a hostilidade entre os governos estadual e federal ficou evidente na fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que fez questão de destacar “incapacidade” de Camilo de resolver o problema. Ora, incapaz ou não, o pedido de ajuda é sempre clamado pela população, e finalmente foi ouvido. Bolsonaro tinha mais era de atender.

A média de duração dessa onda de ataques fica entre três e quatro dias. Entramos no terceiro, mas estatísticas não garantem que estamos nos aproximando do fim. Ainda mais porque todos sabem que a paz que experimentamos é ilusória e acontece enquanto a guerra continua a ser engendrada pelas facções criminosas de dentro dos presídios. É necessário ultrapassar entraves ideológicos para discutir resoluções reais. O cidadão não merece ficar à mercê dessa violência.

*Letícia Alves


Jornalista do O POVO.